31.5.11

Até já!


Eu quero adormecer e acordar quando voltares. Por isso já sabes: despacha-te. Não me faças esperar muito mais tempo... Não vá eu ficar velho, cansado, esgotado. Não vá eu gastar-me em saudades. Não vá o peito sair-me pela boca.

Eu vou agora deitar-me e esperar. Eu sei que virás. Só não demores muito mais. A minha reserva de sonhos está por um fio.

Não resisti e roubei. No meio de tanta joia rara, tenho esperança que a proprietária não note a falta.



24.5.11

Falar de Liberdade


Eu não quero ter poder,
mas apenas liberdade de falar aos do poder,
do que entendo ser verdade.

Agostinho da Silva

20.5.11

Desespero!

Não eram meus os olhos que te olharam
Nem este corpo exausto que despi
Nem os lábios sedentos que poisaram
No mais secreto do que existe em ti.


Não eram meus os dedos que tocaram
Tua falsa beleza, em que não vi
Mais que os vícios que um dia me geraram
E me perseguem desde que nasci.

Não fui eu que te quis. E não sou eu
Que hoje te aspiro e embalo e gemo e canto,
Possesso desta raiva que me deu


A grande solidão que de ti espero.
A voz com que te chamo é o desencanto
E o esperma que te dou, o desespero.


Ary dos Santos, in 'Liturgia do Sangue'

12.5.11

Evolução da Espécie!!


Sistema Solar, Planeta Terra, Século XXI, ano de 2011dC, meses de Abril e Maio.

Breve resumo das principais noticias importantes pelo mundo nos ultimos tempos:

-Uma pandemia já chamada de peste do século e para a qual não se conhece cura, matou e continuará a matar ao longo dos próximos anos milhões de pessoas e a maior parte delas contraem a doença ao manterem relações sexuais. Fontes religiosas insistem de que se trata de um castigo divino pelo pecado da fornicação;
- Uma epidemia chamada de nuclear matou centenas de pessoas no Japão e ameaça matar mais uns milhares nos países vizinhos. Tudo teve origem na ambição desmediada e falta de planeamento de uns tantos que óbviamente viviam longe do epicentro da peste e não foram nem serão atingidos;
-Uma vaga de fome, desemprego e miséria trespassa o mundo. Os mais afectados são os mesmos de sempre. Os mais pobres e desprotegidos. Chamam-lhe já de "crise internacional" mas os agiotas chamam-lhe "um figo" e vão engordando com a crise.
-Porque aos povos faltam idolos mortos para adorar, beatificámos um papa. Antes beatificaramos uma freira virgem que sofria de visões e esteve prisioneira desde os 12 anos até á morte á espera de revelar um segredo ao papa beatificado.
-Casámos um príncipe de sangue azul com uma africana de sangue plebeu, com muitos reis a assistirem e milhões de subditos a pagar e aplaudir. Escusado será dizer que ao repasto da festa foi apenas convidada a corte dos endinheirados e os plebeus foram para casa a pé e jantaram brioches com sopa;
- Fizemos uma cruzada ao Oriente montados em pássaros de ferro e matámos um sarraceno/mouro/infiel que atormentava as consciências boas. Os outros muitos mortos que já o foram e os que o serão num futuro breve, não são contabilizáveis nem terão o apelido nas lápides funebres. Em antecipação e para memória das gerações vindouras, foram já denominados de "danos colaterais".

- Bem-vindos a este manifesto retorno à Idade Média!

(ideia roubada daqui)

5.5.11



Acerca do raid dos marines americanos à residência de Ossama bin Laden  nos arredores de Islamabade, no Paquistão, consta que os serviços secretos investigavam a casa à 4 anos pois ocupava alguns hectares numa zona nobre, estava avaliada em mais de 1 milhão de USD, o lixo era queimado ou enterrado no quintal, os proprietários registados não tinham declaração de rendimentos ou profissão legal justificativa de capacidade financeira para ter uma casa daquelas.

Agora, imaginemos que o homem mais procurado do mundo se tinha refugiado em Moçambique mais precisamente num dos vários bairros novos circundantes das cidades de Maputo ou Matola. Com os palacetes de vários milhões que por lá existem rodeados de muros de 4 metros que mais parecem prisões e onde nem os guardas da casa sabem o nome do dono, tinhamos raids dos marines todas as noites!