28.2.11

Arrebatador!... no minimo.

No mundo sem sentido ou sentimentos em que vivemos, ainda existem pessoas com capacidade para nos levar as emoções ao limite. Não sei quem è este jovem nem donde vem ou para onde vai. Sei que tem um nome bizarro, uma figura absolutamente normal e que ao vê-lo dançar senti uma irreprimivel vontade de poder ter ali a tua mão para apertar. Sim. Porque tú e ele são os responsáveis pelas lágrimas parvas que me cairam ontem á noite e por este post carregado de sentimentos e atitudes poucos masculinas para os hábitos da casa.

2 comentários:

Anónimo disse...

Amei! Homens grandes tambem choram, nao e mal nenhum -:)
Tens que ver "Black Swan", essa foi a minha terapia masoquista ontem! Simplesmente divino!!! O ser humano no seu melhor e pior!
Bju doce!

Anja Rakas disse...

Caiu uma...e não tinha ninguém para segura-la... Obrigada!
AR!